Sábado, 23 de Junho de 2007

S. João...




Noite de S. João para além do muro do meu quintal.
Do lado de cá, eu sem noite de S. João.
Porque há S. João onde o festejam.
Para mim há uma sombra de luz de fogueiras na noite,
Um ruído de gargalhadas, os baques dos saltos.
E um grito casual de quem não sabe que eu existo.
Poemas Inconjuntos
Alberto Caeiro
12-4-1919
publicado por cloudberry às 17:36

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.posts recentes

. Eu consigo :)

. Tomates com Bagas 2007

. Camille Claudel...hummm

. S. João...

. Homenagem aos muitos blog...

. THE CANDY MAN

. I'm dying because I'm so ...

. Sphynx

. Repetição

. Rubus chamaemorus